Compartilhe!
FaceBook  Twitter  

 Conheça na integra o Projeto "Cidadão Bom de Prato" desenvolvido pela Escola Municipal Paulo Freire. O projeto busca orientar os alunos sobre o desperdício de comida no refeitório da escola, manuseio dos alimentos e toda a sistematização no preparo para despertar interesse em experimentar o alimento preparado.

 

PROJETO CIDADÃO BOM DE PRATO

 

Disciplina de Ensino Religioso

Desperdício de alimentos no refeitório da Escola Municipal Paulo Freire, Jaguapitã PR. 

 

TEMA:

  • Desperdício de alimentos no refeitório da escola.

 

PROBLEMATIZAÇÃO:

  1. Preparo de alimentos para: +/- 300 alunos diários.
  2. Com base na observação, a quantidade de alimentos desperdiçado é maior que o consumido.
  3. Contato dos discentes com as merendeira e nutricionista,conhecendo seu trabalho na escola.
  4. Manuseio do alimento e toda a sistematização no preparo para despertar o interesse em experimentar alimento preparado.
  5. Diminuir ou zerar o desperdício.

 

JUSTIFICATIVA:

O presente projeto tem como objetivo abordar e discutir assuntos relacionados à alimentação, ampliando os conhecimentos das crianças sobre o tema.

Diariamente, os alimentos são preparados com todo capricho de acordo com o cardápio elaborado pelo nutricionista no intuito de proporcionar uma alimentação saudável aos alunosos quais estão em fase de desenvolvimento físico e intelecto. Contudo, apesar da importância do processo detecta-se que mais de 75% do alimento preparado é desperdiçado no ato da sua distribuição.

Observa-se que o aluno se quer tem o trabalho de apreciar a refeição, pega o alimento e joga imediatamente no descarte.

Outra preocupação é conscientizar os discentes da Escola Municipal Paulo Freire – Ensino Fundamental, a tornarem – se cidadãos críticos e atuantes em um mundo globalizado.

 

OBJETIVOS:

  • Diminuir ou zerar o desperdício de alimentos e de outros produtos na Escola.
  • Promover o consumo de frutas, legumes e verduras;
  • Promover atividades que valorizem e aproximem os alunos dos alimentos menos aceitos;
  • Investigar o valor nutritivo dos alimentos e despertar o gosto por eles;
  • Conscientizar-se, através da informação do cardápio diário, da importância da boa alimentação sem desperdícios;
  • Conhecer a necessidade da higienização dos alimentos e das mãos.
  • Identificar as preferências alimentar dos alunos;
  • Identificar diferentes tipos de alimentação
  • Desenvolver a atenção e percepção do ambiente onde se degusta o alimento
  • Comportamento educado no ambiente da refeição
  • Abordagem do nutricionista sobre a escolha do prato, quanto comer e a qualidade do alimento o perigo do excesso de consumo de sal e açúcar nos produtos industrializados, entre outros assuntos.
  • Desafio de turma onde qual desperdiça menos e, sendo fiscalizados pelos próprios alunos.
  • Questionamento sobre o desperdício em suas casas.
  • Perspectiva de alcançar tanto no âmbito escolar quanto no familiar, sendo críticos e transmitindo o ensinamento a sua família e sociedade.
  • Postura higiênica de manusear os alimentos, por exemplo, lavar as mãos e manter o refeitório limpo inclusiveda poluição sonora.
  • Abordagem e observação e informação das merendeiras sobre o quanto desperdiçou entre cada turma e quem desperdiça mais.
  • O projeto se estende e abrange mais assuntos como ecologia, reciclagem e reutilização, no caso os três “Rs” (reciclar, reutilizar e reduzir).
  • Estabelecer paralelo entre“o que eu como e de onde vem”, e se, o que “eu desperdiço” prejudica alguém.

 

MATERIAL UTILIZADO:

  • Audiovisuais (cartazes, filmes, panfletos etc.)
  • Livros
  • Alimentos
  • Luvas e toucas
  • Mídia

 

 

DESENVOLVIMENTO

1ª ETAPA: identificação do problema

  • Na aula de Ensino Religioso será feita uma reflexão sobre o desperdício focando principalmente a partir de informações das merendeiras sobre a sobra de alimentos após as refeições.
  • Análise de como trabalhar o problema, envolvendo a Direção, professoras e equipe pedagógica da escola e funcionários responsáveis das refeições em questão.

2ª ETAPA: atividades orais

  • Conversa dirigida sobre o tema com os alunos
  • Fazer um levantamento dos conhecimentos prévios que a criança possui sobre o alimento (ex.: Banana – o que sabemos/ o que queremos saber/o que aprendemos)
  • Perguntar aos alunos:

o   Vocês gostam de comer verduras, frutas e legumes?
o   Sabem por que é importante comer  esses alimentos?
o   Das vitaminas  e sais minerais?
o   O que é educação alimentar?

3ª ETAPA:

  • Confeccionar os cartazes, sobre os três “Rs” (reduzir, reutilizar e reciclar).
  • Confecção de uma árvore com as digitais dos comprometidos como projeto  incluindo a Direção, e equipe .
  • Experiências;
    Observações, palestras, visita a cozinha com roupas apropriadas para manuseio dos alimentos.
  • Divulgação do projeto através de rede social, entrevista para a rádio municipal dos docentes e discentes envolvidos.

4ª ETAPA

  • Comprometimento dos alunos e de toda equipe envolvida na transformação do problema.

CONCLUSÃO:

Concluímos que, o “PROJETO CIDADÃO BOM DE PRATO”,da disciplina de Ensino Religioso, trouxe resultados positivos nos discentes valorizando o alimento. Sendo que, o desperdício de alimentos caiu em torno de 97%, além de mudanças comportamentais e reflexões de cidadania dentre as quais o reconhecimento do trabalho das merendeiras e do nutricionista, na Escola Municipal Paulo Freire – Ensino Fundamental de Jaguapitã - Pr.

O sucesso do trabalho de conscientização se tornou necessário abranger em outras áreas que sentir necessário a intervenção, portanto não será encerrado nessa etapa.

 

Diretora...............Neide Fróes Lemos Fornazza

Coordenadoras:....Diva Aparecida Alves

                    .....Rosimeire Simeoni

Prpofessoras........Noelma de Deus Bento dos Santos

                 ........Jucielly Eloisa Leonardi Chequetti

Nutricionista........Celso Hidd

Merendeiras.........Meire Martins

               ..........Rosemeire Rocha das Virgens

               ..........Sonia Barez 

 

 

Desenvolvido pelo Departamento de Tecnologia da Informacao